Imprimir
Compartilhar

Em 2008, Moreira Franco assumiu a Vice-Presidência de Fundos e Loterias da Caixa Econômica Federal.

Nos dois anos e meio que passou como vice-presidente de Fundos e Loterias da Caixa Econômica Federal, Moreira participou do comitê gestor do FGTS e administrou as 10 modalidades de jogos mantidas pelo Governo Federal.

Nesse período, a Caixa criou, com a sua colaboração, novos instrumentos de apostas, registrou recordes nas loterias oficiais, um desempenho histórico do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), além de instituir novos mecanismos para investimentos.

No ano de 2009, o trabalho foi focado na modernização das Loterias Federais, um serviço social que gera recursos para programas sociais do governo federal e entidades não governamentais nas áreas de saúde, educação, seguridade social, cultura, esporte e segurança pública.

As vendas das Loterias Federais aumentaram em 28% em relação ao ano anterior, resultado de iniciativas como campanhas publicitárias inovadoras e da modernização dos produtos. É o caso da Quina, que apresentou o maior aumento da arrecadação em relação ao acumulado até junho de 2009, atingindo 58,8%, com R$ 626 milhões em apostas. A Mega-Sena continuaria, porém, sendo a loteria mais apostada. Ela atingiu a marca de R$ 1,698 bilhão no semestre, com crescimento de 17,3%.

Os recursos das loterias aplicados pela Caixa em projetos definidos pelo Congresso Nacional foram designados, por exemplo, ao Ministério do Esporte, comitês Olímpico e Paraolímpico Brasileiros e clubes de futebol em torno de R$ 242 milhões, 14% acima do primeiro semestre de 2009.

O Programa de Financiamento Estudantil (Fies), do Ministério da Educação recebeu no período R$ 268 milhões, com incremento de 18%. Esse financiamento beneficia alunos que não possuem condições de pagar sua graduação.

Para o Fundo Nacional de Cultura, foi destinado uma parcela da arrecadação das loterias, equivalente a R$ 107,541 milhões. A variação em comparação ao primeiro semestre de 2009 foi de 18,75%. O repasse da Caixa para o Fundo Penitenciário Nacional somou R$ 113,903 milhões (+ 18%) e para a seguridade social foram distribuídos R$ 640,167 mil (+ 18%).

Ainda em 2009, teve início a captação para o concurso que veio a se tornar o maior sucesso dos últimos anos das loterias brasileiras: a Mega da Virada. Em 31 de dezembro foi realizado o sorteio do maior prêmio já pago por uma loteria na América Latina, no valor de R$ 144,9 milhões.

Moreira Franco marcou sua gestão pela criação de novos instrumentos de apostas, no caso das loterias; e novos meios para investimentos, no caso do FGTS. Ele teve testada sua capacidade de gestão ao gerenciar 30 milhões de contas ativas e mais de R$ 230 bilhões. Se fosse considerado um banco, o FGTS seria o quinto maior do País em patrimônio.

O Fundo é formado por contribuições dos empregadores em nome dos empregados, correspondente a 8% do salário. Cada trabalhador com carteira assinada mantém uma conta do FGTS na Caixa Econômica Federal. Em caso de demissão, aposentadoria, compra da casa própria ou doenças graves, o trabalhador pode sacar parte ou todos os recursos do Fundo depositados em seu nome.

Antes de deixar a Caixa, em julho de 2010, Moreira Franco apresentou dados mostrando que o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) havia registrado uma arrecadação líquida de R$ 5,862 bilhões no primeiro semestre do ano. Um recorde para o período. O valor arrecadado significou um crescimento de 158,4% na comparação com o mesmo período de 2009. Um aumento diretamente ligado à queda da taxa de desemprego no país. A quantidade de trabalhadores com contas no FGTS atingiu o patamar de 32,470 milhões.

Ainda no balanço divulgado, verificou-se avanços na administração do Fundo, com a diversificação das aplicações por intermédio de Carteiras Administradas, voltadas para o setor privado nas áreas de habitação, transportes e saneamento, com a disponibilização de R$ 12 bilhões, e utilização de instrumentos de mercado para aquisição de ativos como debêntures e cotas de fundos.
Esse ano de 2009 representou a consolidação do Fundo de Investimentos do FGTS, que encerrou o exercício com comprometimento total dos recursos inicialmente alocados. Foram desembolsados R$ 14,5 bilhões do FI-FGTS. O ativo total do FGTS no fim de 2009 era de R$ 2,35 bilhões.

Com Moreira Franco em sua vice- presidência, a Caixa Econômica Federal e a Prefeitura de Curitiba assinaram acordo para renegociação dos contratos de financiamento da Companhia de Habitação de Curitiba (COHAB), com o objetivo de dar condições de desenvolvimento e bem-estar social, atendendo a necessidade básica de moradia e contribuindo para melhorar a vida de muitas famílias de Curitiba.

A Caixa Econômica Federal iniciou também o programa de investimentos do FGTS para capitalização e modernização das companhias estaduais de saneamento básico; destinou grande parte da arrecadação a programas sociais; antecipou o pagamento das perdas dos juros progressivos do FGTS aos trabalhadores com carteira assinada até 22/09/1971; limitou as tarifas cobradas pelos agentes financeiros, quando as operações envolvessem recursos do FGTS; entre outros.

Em 27 de julho de 2010, Moreira Franco formalizou ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva seu pedido de exoneração do banco público para ser representante do PMDB na campanha da petista Dilma Rousseff e do peemedebista Michel Temer.
 

 
Assista a playlist da Caixa no YoutubeYouTube-logo-full_color

 

 

Confira as fotos do álbum da Caixa no Flickrflickr-logo
 

 

Comentários

Relacionadas